Moradia T3 76,00 m2

 6 Set, 05:20

52 500 €

Moradia T3 76,00 m2

6 Set, 05:20

52 500 €

  • T3Tipologia
  • 76 m²Área útil
  • VendaTipo
  • 15967AMI
  • PombalConcelho
  • 31177571Id do anúncio

Moradia composta por 2 Pisos.

Parcialmente remodelada, composta por rés do chão com arrumos sala ou garagem, primeiro andar cozinha, 2 quartos e WC e varanda com vista panorâmica.
Aguas furtadas com 1 quarto. Excelente vista.
Localizada no centro histórico, o local ideal para a sua casa de ferias ou mesmo de habitação permanente.

A 500 metros do Ic2 Localização que permite fácil e rápido acesso á cidade de Pombal, e a 5 kms da autoestrada A1.

Se procura uma casa num local cheio de história, e com uma envolvente de natureza para a pratica de caminhadas e outros tipos de actividades ao ar livre.

Venha visitar.

Breve História;
Foi vila e sede de concelho entre 1159 e 1842. Era constituído pelas freguesias de Redinha e Tapéus e tinha, em 1801, 1 848 habitantes.

Habitada desde a romanização, teve o seu primeiro foral em 1159 que foi concedido por D. Gualdim Pais, mestre da Ordem dos Cavaleiros Templários.

Em 29 de Janeiro de 1186 o papa Urbano III faz seguir a bula Intelleximus ex autentico ao mestre e cavaleiros da Ordem do Templo para lhes confirmar as igrejas de Pombal, Ega e Redinha, construídas nas terras que lhes doara D. Afonso Henriques e toma-as debaixo da protecção da Santa Sé.

No século XIV com a extinção da Ordem do Templo passou para a Ordem de Cristo.

Teve foral novo, outorgado por D. Manuel I, a 16 de Maio de 1513, iniciando-se um período de prosperidade que veio a terminar com as invasões francesas. É hoje uma das freguesias mais importantes no panorama turístico concelhio.

Foi sede de concelho. Tinha edifício de Câmara, Prisão e Forca, tudo isto até às Invasões Francesas. Com este acontecimento todas as autoridades fugiram para Pombal, daí que deixou de ser concelho.

Ligou-se a Pombal no ano de 1842, do qual seria desmembrado por Decreto de Lei de 7 de Setembro de 1895 para integrar o de Soure; mas voltou definitivamente para o concelho de Pombal por vontade da população pelo Decreto de 13 de Janeiro de 1998.

Sobre a toponímia desta freguesia, algumas pessoas dizem que veio de Roda, passando a Rodinha e posteriormente a Redinha.

Situa-se no extremo Nordeste do concelho, na confluência deste concelho com os de Soure e Ansião, estendendo-se pela vertente Norte e Oeste da Serra de Sicó.

No primeiro quartel do século XX, Redinha era descrita pelo Guia de Portugal como uma ?povoação muito pitoresca com os seus m


Century 21 - Aliança

Anunciante desde Mar. 2020 PRO
Pombal