Três Ciprestes. António Júlio de Castro Fernandes.

 Ontem, 11:26

18 €

Três Ciprestes. António Júlio de Castro Fernandes.

Ontem, 11:26

18 €

N 13422 Três Ciprestes. António Júlio de Castro Fernandes. Tiragem fora do mercado de 200 Exemplares numerados, cabendo a este o n 31. Encadernado. Conserva as capas de brochura. Tipografia Duarte Lda, 1971. 24 Pgs, 16,5x11,5cm. Raro no mercado.

António Júlio de Castro Fernandes GCC (Lisboa, 2 de Junho de 1903 Lisboa, 1975) foi um economista, banqueiro, político e ideólogo do corporativismo português.
Esteve ligado aos sectores da extrema-direita portuguesa no período da transição para o Estado Novo e foi um dos mais activos propagandistas do corporativismo fascista[1]. Foi dirigente da Cruzada Nacional NunÁlvares nos últimos anos da Primeira República Portuguesa e um dos fundadores do Movimento Nacional-Sindicalista (1932)[2]. Aderiu à Revolução Nacional, e entre muitas outras funções de relevo, foi Subsecretário de Estado das Corporações e Previdência Social (1944 a 1948) e Ministro da Economia (1948 a 1950) do governo de Oliveira Salazar, presidente da Comissão Executiva da União Nacional (1958 a 1961 e 1965 a 1968), deputado à Assembleia Nacional e procurador à Câmara Corporativa[3]. Dedicou-se à banca, tendo sido administrador do Banco Nacional Ultramarino

Portes Grátis


Amandio Marecos

Anunciante desde Abr. 2011
Lisboa